Microsoft planeja lançar o Windows 10 em julho

O Windows 10 deve realmente ser lançado em julho deste ano. O site The Verge, citando fontes ligadas à Microsoft, afirma que a Microsoft mira o mês e chegou a pensar em fixar a data de lançamento em 29 de julho, mas desistiu da ideia.

A data seria anunciada na conferência Build, que aconteceu no dia 29 de abril. O objetivo era marcar uma distância de três meses entre o anúncio e o lançamento, mas a companhia achou melhor não dar um prazo definitivo tão cedo, por medo de não conseguir cumpri-lo.

A informação, no entanto, é compatível com o que afirmou Lisa Su, CEO da AMD, empresa parceira da Microsoft. Ela “deixou escapar” em uma conferência com investidores que os computadores com Windows 10 começariam a sair no final de julho.

Segundo o jornalista Tom Warren, um dos principais conhecedores dos meandros da Microsoft, a companhia busca finalizar a programação do Windows 10 no mês de junho. A partir daí, a empresa teria em mãos a versão RTM, enviada para as fabricantes, para que os computadores já estejam prontos no dia do lançamento.

Confirmando-se a intenção de lançar em junho, seria um prazo bastante apertado. No passado, a Microsoft espaçava mais a versão RTM e o produto finalizado pronto para o consumidor.

No entanto, o que se espera é que, no lançamento, o Windows 10 seja usável e estável, mas ainda não esteja completo com todos os recursos. Um exemplo é o navegador Microsoft Edge, que terá suporte a extensões, mas já se sabe que isso só acontecerá depois de o W10 ser liberado para o público.

Fonte: olhardigital.uol.com.br