App da Anatel registra problemas do consumidor com celular

A Anatel divulgou, nesta segunda-feira, 14, nova versão do aplicativo “Anatel Serviço Móvel”, que permite o compartilhamento das experiências dos usuários quanto ao serviço de telefonia móvel.

O app está disponível para celulares com sistemas Android e iOS, nas lojas de aplicativos Google Play e Apple App Store, respectivamente, e estará disponível para o sistema Windows Phone em breve.

Os relatos das experiências compartilhadas pelos usuários, de forma colaborativa, tais como falta de sinal, conexão lenta ou instável, queda na conexão, queda da chamada, ligação ruim ou falta de sinal ficam disponível em um mapa georreferenciado contemplando os últimos 30 dias.

A Anatel manterá esses relatos em banco de dados para compilá-los e avaliar com as prestadoras casos mais significativos para análise e tratativas.

O uso do aplicativo não gera protocolo nem substitui as reclamações registradas na Anatel.

Para isso, o usuário deve procurar um dos canais oficiais: o app Anatel Consumidor, disponível para celulares com os sistemas Android, iOS e Windows Phone; o Fale Conosco; a Central de Atendimento Telefônico gratuito, no número 1331 – ou 1332, para deficientes auditivos (não há necessidade de acrescentar o código DDD); ou pessoalmente, nas Salas do Cidadão.

Além da nova funcionalidade, o aplicativo já permitia consultar a qualidade do serviço das operadoras de telefonia celular. Também é possível realizar a consulta por meio de uma versão web do aplicativo disponível na página da Anatel na internet ou pelo link.

A nova versão mantém a possibilidade de o usuário consultar a qualidade dos serviços de voz e de dados nas redes das operadoras do serviço móvel em todos os municípios brasileiros.

O usuário poderá consultar o ranking das operadoras, construído a partir dos indicadores de acessibilidade, conexão, quedas e desconexão aferidos.

É possível também acompanhar a evolução da qualidade de cada operadora a partir da consulta ao histórico desses indicadores em intervalos de até 12 meses.

O aplicativo permite que o usuário visualize em um mapa as estações licenciadas e em funcionamento e suas respectivas tecnologias (2G, 3G e 4G), por operadora. Com isso, os usuários poderão se informar melhor sobre a disponibilidade do serviço.

Também é possível realizar a consulta por meio de uma versão web do aplicativo disponível na página da Anatel na internet ou pelo link.

Fonte: http://exame.abril.com.br/